Acções realizadas

Durante o ano de 2015, e sobretudo no seu primeiro trimestre, os esforços da Rede foram dedicados à promoção e divulgação do projeto CORKLANDTOUR. Cork, Landscape & Tourism. Valorização social e turística das paisagens corticeiras, que conta com a colaboração da Fundação Biodiversidade, do Ministério da Agricultura, da Alimentação e do Meio Ambiente espanhol. Como resultados do projeto, de um lado destaca-se a plataforma online Descobre os territórios corticeiros, com mais de trinta produtos turísticos e, por outro, os contactos que foram estabelecidos com os tour-operadores a nível europeu, para dar a conhecer a riqueza paisagística destes territórios corticeiros.

Da mesma forma, RETECORK continuou com a tarefa de captação e manutanção dos sócios. Há que destacar que, em maio de 2015, ocorrerão eleições municipais em Espanha, pelo que os representantes da Rede realizaram visitas personalizadas a quase todos os municípios que compuseram a equipa de governo, para dar a conhecer os objetivos da entidade, qual a sua função no setor corticeiro e estabelecer sinergias futuras de colaboração.

Além disso, a Rede está presente em feiras, seminários e conferências, alguns um pouco mais locais e outros com projeção internacional. A este respeito, destacam-se, por exemplo, a participação na IV Semana Florestal Mediterrânica, que teve lugar em Barcelona; a participação na FITUR, a Feira Internacional de Turismo de Madrid; ou a participação na Conferência Internacional "O Montado de sobro e o setor corticeiro: uma perspetiva histórica e transdisciplinar", em Ponte de Sor, entre muitos outros.

Em relação ao binómio vinho-cortiça, a RETECORK é consciente do seu grande potencial e das possibilidades que se abrem ao nível da cooperação, por exemplo, no campo da promoção do turismo. Assim, tem mantido contacto com organizações como a Associação de Municípios Portugueses do Vinho, tem acompanhado de perto as atividades no âmbito da Cidade Europeia do Vinho de 2015, Reguengos de Monsaraz, e tem participado em atividades mais locais como o concurso Giroví.

Finalmente, em relação aos futuros projectos da Rede, aprofundou-se a candidatura do projeto ERASMUS+; foram realizadas reuniões com entidades ligadas ao turismo como o INALENTEJO ou o Governo da Catalunha; participou nas Jornadas Itinerantes de Inovação, organizadas pela Rede Rural Nacional e a Direção Geral de Desenvolvimento Rural e Política Florestal, etc. Porém, o mais importante, talvez, é a apresentação do projeto SUBER_ECOTOUR à convocatória do mês de novembro do INTERREG SUDOE.

Para atividades mais aprofundadas e em ordem cronológica, faça o download do seguinte documento:


Acções realizadas 2015